domingo, 26 de março de 2017

Cerca de 1,2 mil pessoas no 1º Passeio Motociclístico do BOPE


Mais de 1,2 mil pessoas participaram do 1º Passeio Motociclístico do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Paraná.
  




Foto: Sd PM Adilson Voinaski Afonso
Foto: Sd PM Adilson Voinaski Afonso
“Gostei muito do evento, porque antes eu tinha medo de chegar perto dos policiais militares, mas agora considero eles meus amigos. Entrei nas viaturas e aprendi sobre o trabalho deles. Vou estudar e ser um integrante da PM”, disse o pequeno Antony Alves, de 12 anos, que ficou encantado com a exposição do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) na cidade da Lapa (PR) na tarde deste sábado (25/03).

O menino fez questão de pintar o brasão da Polícia Militar no braço e ressaltar o quanto é fã da corporação. “Aprendemos muita coisa no dia de hoje, principalmente meus filhos que sonham em se tornar policiais militares. Essa união e aproximação dos policiais conosco é muito bom, elimina pensamentos equivocado que algumas pessoas possam ter em relação a PM”, disse a mãe da criança, Kelly Cristina Alves, que também estava acompanhada do marido e do filho Nicolas, todos moradores da Lapa.

Foto: Sd PM Adilson Voinaski Afonso
O evento iniciou na Academia Policial Militar do Guatupê (APMG), em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba (RMC), às 9 horas com a concentração de mais de 1,2 mil motociclistas, dentre eles o Governador do Estado, Beto Richa, que chegou acompanhado de sua esposa Fernanda Richa. Em seguida, às 10 horas, todos os motoristas receberam orientações e seguiram para a cidade da Lapa.





video

O Subcomandante-Geral da PM, coronel Arildo Luis Dias, também participou do passeio e destacou a importância do contato com a população. “O BOPE trabalha em situações críticas e ter esta aproximação com as pessoas é essencial. A resposta da comunidade é positiva e demonstra que a Polícia Militar ainda é uma instituição muito bem vista e que oferece um serviço de qualidade para o cidadão. O trabalho feito pelo Batalhão de Operações Especiais é um dos melhores do país, esta unidade chegou numa capacidade de profissionalismo muito grande através de dedicação e treinamento”, disse.

Ao todo, foram feitas mais de 1,2 mil inscrições, um público acima do esperado. “Foi um desafio organizar este evento e ousamos em fazê-lo, sendo a adesão das pessoas muito grande. É importante que a sociedade conheça o BOPE, pois ele é uma ferramenta para apoiar as outras unidades e está disponível para ajudar”, destaca o Comandante do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), tenente-coronel Hudson Leôncio Teixeira.

Ten-Cel PM Hudson Leôncio Teixeira, comandante do BOPE e
Ten.-Cel PM Valterlei Mattos de Souza, comandante do BpTrans 
De acordo com o tenente-coronel Hudson, a ideia de fazer o evento tem três objetivos principais. “Queríamos reunir um grupo de pessoas que gosta de motocicleta para ir até uma cidade turística e passar um dia bacana com diversas atividades. O segundo intuito é apresentar para a população da Lapa nossas subunidades com exposições e o terceiro é arrecadar bombons que serão doados para instituições que cuidam de crianças carentes”, explica.

Durante todo o percurso os motociclistas foram escoltados e orientados por policiais militares do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTRan) e do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), além do apoio da Polícia Rodoviária Federal e da equipe de escolta do Exército Brasileiro. 



Policiais Militares da escola do Batalhão de Polícia de Trânsito - BpTrans
Militares da Polícia do Exército que participaram da escolta.
Para o Presidente do Motoclube Cavaleiros de Aço, Moisés da Silva, a iniciativa do BOPE é exemplar, pois integra toda a sociedade com os policiais que dedicam-se diariamente para cuidar do estado. “Ter este espaço é importante para nós, até mesmo porque já se tornou uma marca registrada da PM eventos como este, ainda mais quando o foco é ajudar outras pessoas”, lembrou.

“Não tinha ideia que teria uma presença tão forte da comunidade. Tudo isso mostra o respeito e o carinho que as pessoas têm com a Polícia Militar. Esta aproximação só pode agregar para este movimento de confraternização entre o cidadão e a corporação”, destacou Wilson Roque. 

Foto: Sd PM Adilson Voinaski Afonso
video

Ao chegar na cidade da Lapa todos puderam aproveitar as atividades que foram preparadas pelo BOPE como distribuição de gibis, exposição de equipamentos e viaturas, além de apresentações de Bandas de Música ao vivo e sorteio de brindes. As crianças puderam fazer pintura de rosto com os policiais militares do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária (BPEC). 


O Comandante da 1ª Companhia Independente de Polícia Militar (1ª CIPM), pertencente ao 4º Comando Regional da PM (4º CRPM), unidade responsável pelo policiamento na cidade, major Hélio José Hornung, fez questão de estar presente no evento. “Para nós é uma satisfação e honra receber o BOPE. É um momento de muita festa, as pessoas ficaram ansiosas e puderam conhecer um pouco mais dessa unidade que é nossa parceira e é tão importante para a Polícia Militar”, afirmou.

A Companhia de Polícia de Choque estava com o Carro Choque, no qual os visitantes puderam entrar, e os materiais que são usados nas situações de distúrbios civis. As pessoas também puderam conhecer alguns dos cães que integram a Companhia de Operações com Cães (COC), aprenderam sobre a atuação da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE) e entraram nas viaturas expostas. Todos tiveram acesso aos equipamentos e materiais usados pelo Comandos e Operações Especiais (COE), a Equipe de Negociação (EN) e o Esquadrão Antibomba (EAB).




Um dos fuzis utilizados pelos atiradores de elite da PMPR
 


Este é o Stive, mascote do BOPE
 


Munição de borracha e granadas de gás lacrimogêneo.

Robô utilizado pelo Esquadrão Antibombas da PMPR
 

A moradora da cidade, Anelize Opolis, fez questão de visitar a exposição de cada uma das subunidades do BOPE. “É interessante para nós conhecer o dia a dia e o trabalho deles (policiais), bem como a importância da profissão policial militar. O evento foi uma novidade e pudemos tirar dúvidas e aprender sobre as atividades que o batalhão desenvolve”, explica.

Para Antônio Renato Antunes esta é uma oportunidade de todos conhecerem um pouco mais do BOPE. “Vim com a família prestigiar o evento. A Lapa possui este conjunto arquitetônico que tem tudo a ver com a iniciativa do BOPE que é uma unidade muito importante para a comunidade. É uma aproximação com a população local que é muito bem vinda e estão todos de parabéns”, destaca.






Participaram do evento integrantes de motoclubes, militares estaduais, a Polícia Civil, o Exército, parceiros da Polícia Militar e a comunidade. O evento seguiu até às 16 horas e o retorno ficou a cargo de cada motociclista.

Mais de 700 caixas de bombons foram arrecadadas e serão distribuídas para crianças carentes.

Veja todas as fotos aqui.

Um comentário:

  1. Espetacular o evento e a cobertura. Espero estar presente no próximo para contribuir na divulgação. Parabéns a corporação pelo belo evento e ao blog pela cobertura e divulgação.

    ResponderExcluir