sábado, 20 de abril de 2019

CAAB: Visitando o Clube de Aeromodelismo Alberto Bertelli


O CAAB-Clube de Aeromodelismo Alberto Bertelli é uma entidade de prática de aeromodelismo rádio-controlado, situado na cidade de São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro.

Originalmente fundado em Maricá nos anos 1970, foi alguns anos depois transferido para a sua atual localização, às margens da rodovia BR-101 no trecho conhecido como Niterói-Manilha.

O CAAB tem uma pista asfaltada de 140 m x 10 m, com ampla área de escape gramada.

CAAB-Clube de Aeromodelismo Alberto Bertelli
Os associados do clube, do qual meu filho Marcus Roque faz parte, promoveram um churrasco para me receber nesta primeira visita. Vários dos membros do CAAB são amigos aeromodelistas com o qual convivi durante os 20 anos que pratiquei o esporte na região de Niterói, até minha transferência para o exterior no final de 1995.



Arno Vath, eu e meu filho Marcus.
 Encontrei-me com meu amigo de 40 anos, Arno Vath, um dos atuais diretores e várias vezes presidente do CAAB, além do José Antonio Salvaya e o Francesco Nazzardelli, aeromodelistas de longa data e ex-colegas da União Fluminense de Aeromodelismo-UFA.

Com minha querida Rô, filho, nora, netos e amigos, novos e antigos!
Fly Baby, modelo em escala do avião experimental projetado
por Peter M. Bowers em 1962.



O aeromodelo tem 2,13 m de envergadura, pesa 5 kg e é acionado
por um motor DLE 20cc.



Agradeço à diretoria e associados do CAAB pela hospitalidade. Foi um dia de muitas alegrias.

Com certeza voltarei a visitá-los!

quarta-feira, 10 de abril de 2019

McDonnell Douglas F-4 Phantom : O adeus do último esquadrão operacional

McDonnell Douglas F-4 Phantom II - United States Air Force
O McDonnell Douglas F-4 Phantom II é um jato supersonico interceptor e caça-bombardeiro, originalmente desenvolvido para a Marinha dos EUA pela McDonnell Aircraft.
Entrou em serviço em 1960.


Demonstrando sua adaptabilidade para vários tipos de missões, foi adotado também pelo Corpo de Fuzileiros Navais e pela Força Aérea dos Estados Unidos. Em meados dos anos 1960 já era o avião militar mais importante do arsenal americano.


O F-4 Phantom é um caça bem grande com velocidade acima de Mach 2.2. Carrega mais de 8 toneladas em armas em nove pontos externos, incluindo mísseis ar-ar e ar-solo, além de vários tipos de bombas.

Inicialmente, como outros interceptadores daquela época, foi desenvolvido sem um canhão interno. Mais tarde teve incorporado um canhão rotativo M61 Vulcan. A partir do início de sua carreira, em 1959, registrou 15 recordes mundiais de desempenho em voo, incluindo máxima velocidade absoluta e máxima altitude absoluta.


Características gerais:
·         Tripulação: 2
·         Comprimento: 19.2 m
·         Envergadura: 11.7 m
·         Altura: 5 m
·         Peso vazio: 13,757 kg
·         Peso máximo: 18,824 kg
·         Peso máximo de decolagem: 28,030 kg
·         Maximum landing weight: 36,831 lb (16,706 kg)
·         Propulsão: 2 turbojatos General Electric J79-GE-17A 
Desempenho
·         Velocidade máxima: Mach 2.23 (2,370 km/h) a 40,000 pés (12,000 m)
·         Velocidade de cruzeiro: 508 nós (940 km/h)
·         Alcance em combate: 367 milhas náuticas (680 km)
·         Alcance em deslocamento: 1,457 milhas náuticas (2,699 km)
·         Teto de serviço: 60,000 ft (18,000 m)
·         Razão de subida: 41,300 ft/min (210 m/s)
·         Razão de planeio: 8.58
·         Distância de decolagem: 4,490 pés (1,370 m) com 53,814 libras (24,410 kg)
·         Distância de pouso: 3,680 pés (1,120 m) com 36,831 libras (16,706 kg)

O F-4 foi usado intensivamente durante a Guerra do Vietnã. Durante sua carreira foi utilizado como caça principal para a Força Aérea, Marinha e Fuzileiros Navais e tornou-se muito importante nas missões de ataque ao solo e reconhecimento aéreo.

O F-4 Phantom continuou a fazer parte do poder aéreo dos Estados Unidos nas décadas de 1970 e 1980, sendo gradualmente substituído por aeronaves mais modernas, na década de 1990: F-15 Eagle e F-16 Fighting Falcon na U.S.Air Force e F-14 Tomcat e F/A-18 Hornet na U.S.Navy e no U.S.Marine Corps.

Atuou como avião de reconhecimento e de ataque a defesas anti-aéreas durante a Guerra do Golfo em 1991, deixando o serviço ativos nos EUA em 1996. 

Foi o único avião a ser usado simultaneamente pelos dois esquadrões de demonstração aérea americanos: USAF Thunderbirds (F-4E) e o U.S.Navy Blue Angels (F-4J).


O F-4 foi operado também pelas forças armadas de outras 11 nações.

A produção do F-4 Phantom durou de 1958 a 1981, com 5.195 aeronaves fabricadas e entregues.

Durante o ano de 2018 o já idoso F-4 ainda era usado em serviço ativo no Irã, Japão, Coréia do Sul, Grécia e Turquia. Recentemente o F-4 foi usado contra as forças do Estado Islâmico, no Oriente Médio.

Em fevereiro de 2019 o F-4 Phantom deu baixa do serviço ativo nas Forças Armadas de Defesa do Japão.
O último esquadrão a operá-lo, o 352 Squadron, fez uma demonstração ao público numa base aérea ao norte de Tóquio, como uma cerimônia de despedida.

Vale a pena ver o vídeo:


O McDonnell Douglas F-4 Phantom II é, sem a menor dúvida, um dos mais bonitos caças da era do jato.

terça-feira, 9 de abril de 2019

Ministério oficializa proposta de 10 anos de validade para CNH


O governo oficializou a decisão de mudar o prazo de validade da carteira do motorista, atualmente em cinco anos, e também de aumentar a quantidade de pontos para que o motorista perca a habilitação por excesso de infrações.

Será proposto o aumento de 5 para 10 anos no prazo de validade para a renovação da CNH, para motoristas até 50 anos. A partir daí a renovação voltará a ser feita de 5 em 5 anos.

O Ministério da Infraestrutura enviará ao Palácio do Planalto uma proposta de projeto de lei que trata dessas alterações. De lá, o documento seguirá até a próxima sexta-feira para a avaliação do Congresso.

O governo pretende aumentar para 40 pontos o limite que define a suspensão do documento para dirigir. Atualmente o condutor pode perder a carteira se acumular 20 pontos ou mais ao longo de 12 meses, conforme o peso das infrações cometidas no trânsito.

O ministro informou que a medida também acelerará o processo de suspensão em casos de infrações mais graves, como dirigir sob o efeito de álcool.

domingo, 7 de abril de 2019

Imperial War Museum Duxford - 2019 Flying Legends Airshow Trailer

Supermarine Spitfire Mk Ia - N3200-QV -19-Sqn.-RAF
O Museu Imperial da Guerra (Imperial War Museum - IWM) é um conjunto de 5 museus e sítios históricos, cobrindo os conflitos armados desde a Grande Guerra (1914-1918) até hoje. Os locais e artefatos da coleção do Museu contam a história das vidas envolvidas nas guerras e como os conflitos moldaram o mundo como vivemos hoje.

Os museus são: IWM London, IWM North em Manchester e o IWM Duxford em Cambridgeshire.  Além desses, há duas experiências históricas em Londres. A Sala de Guerra de Churchill no Whitehall e o HMS Belfast, permanentemente atracado no rio Tamisa.

O Imperial War Museum foi fundado durante a Primeira Guerra Mundial para preservar e relatar as histórias do todos os povos, não somente da Grã-Bretanha, mas de todas as nações do Império Britânico. O trabalho continua até os dias de hoje, cobrindo 100 anos de experiência através da Comunidade Britânica de Nações.

O IWM Duxford está preparando um grande evento para 2019: The 2019 Flying Legends Airshow.

O vídeo a seguir é uma pequena amostra do que poderá ser visto em Duxford:




sábado, 6 de abril de 2019

Harley-Davidson: novos motores serão lançados


Novo motor Harley-Davidson, totalmente arrefecido a líquido.
A Harley-Davidson está trabalhando no projeto de um novo motor com arrefecimento líquido, que deve equipar uma nova família de motocicletas médias, incluindo a versão de linha da Harley-Davidson Pan America, Harley-Davidson Custom 1250 e a Harley-Davidson Streetfighter.

O desenho do motor, arquivado no Escritório de Propriedade Intelectual da União Européia (European Union Intellectual Property Office), revela bastante detalhes sobre o novo motor, que deve equipar vários modelos a serem lançados entre 2020 e 2022. O novo motor é um V-Twin de 60°, totalmente refrigerado a líquido, compacto e com a transmissão acoplada.



As imagens arquivadas mostram pontos de fixação atrás da transmissão e nos dois lados dos cabeçotes, sugerindo que o motor faça parte da estrutura do chassi. Os desenhos não indicam o volume cilíndrico, mas a H-D já anunciou que o tamanho dos motores vai variar entre 500 cc e 1250 cc. Eles não mostram os tradicionais tuchos e terão duplo comando de válvulas.

Harley-Davidson Pan America, deve ser lançada no mercado em 2020
Desenho da Harley-Davidson Streetfigher

Harley-Davidson Custom 1250, no estilo bobber.
O conceito original nas imagens indicam que cada motor será um pouco diferente dos outros.

A Custom 1250, por exemplo, terá cabeçote em dois tons. Já a Streetfighter 975 também virá em dois tons, mas com cores diferentes.  

Pelo o que se deduz, pelo menos três novos modelos de motocicletas estão sendo finalizadas. A primeira será a Harley-Davidson Pan America Adventure Tourer, provavelmente lançada no segundo semestre do próximo ano, como sendo modelo 2021. A seguir virá a Streetfighter e depois a Custom 1250.

sexta-feira, 5 de abril de 2019

Warbirds RC Forever 2019


O evento foi realizado na pista da ALA - Associação Limeirense de Aeromodelismo, em Limeira, SP, entre os dias 28 e 31 de Março.

Foi minha primeira participação no evento e, com certeza, participarei da próxima edição, em 2020.

Apesar da distância (535 km), a viagem é bem tranquila em rodovias duplicadas por todo o percurso.

Eu e minha querida co-piloto Rô Roque, saímos de Curitiba no dia 27/3 às 08:00 e às 15:30 já estávamos na pista.

O clube estava muito bem preparado para receber os aeromodelistas, que vieram do Sul, de Minas Gerais e Rio de Janeiro, entre outras origens, além do estado de São Paulo, é claro.


O pit de pilotagem fica muito próximo à pista,
o que deveria ser modificado, na minha opinião.
As duas áreas de montagem e pernoite dos aviões são bastante amplas.


A pista (220x18m) fica orientada quase no sentido norte-sul geográfico, o que cria o inconveniente do sol nos olhos no final da tarde. Mas isto, com certeza, não inibiu os pilotos!

A oportunidade foi excelente para rever amigos antigos e fazer novas amizades:

Eduardo Diniz - Belo Horizonte, MG
Eu e Dino diGiorgio, Fort Pierce, Florida
Dino e Rogério Araújo - S. J. dos Campos, SP
Fernando Garbo (Americana, SP) e Mario Knoll (Valinhos, SP)
Flademir Cesarin, São Carlos, SP, um dos organizadores.

Fernando Caveira, São Paulo, SP
Rogério Araújo, Túlio Brandão, eu, Rô, Rodrigo Costa e Manuela Melo
Eu e Túlio Brandão, analisando o novo Graupner mz-16
O evento temático apresentou uma extensa gama de aviões militares, de todas as épocas:


























Estes excelentes vídeos do canal Aeromodelismo é Assim, demonstram bem a amplitude do evento.




Esta foi a quarta edição do Warbirds RC Forecer (o primeiro foi em 2016).
Segundo os organizadores, mais de 100 pilotos e acima de 150 aeromodelos participaram.

Para quem gosta de aeromodelismo escala militar, é um grande evento. Recomendo.