quinta-feira, 30 de abril de 2015

Geração Snoopy


A geração dos "baby boomers" (explosão de bebês, na tradução literal) é chamada a que cobre as pessoas nascidas entre 1946 e 1964, logo após a Segunda Guerra Mundial.

Neste período a economia do hemisfério ocidental desfrutou uma das maiores taxas de crescimento da história contemporânea.

Eu sou nascido no primeiro ano desta geração, um pioneiro, portanto!

Os primeiros bebês da nossa geração já ultrapassaram a idade considerada como marco entre a atividade produtiva e a aposentadoria - compulsória para a maioria - que é a de 65 anos. E a cada dia mais "baby boomers" vão se juntando ao que meu amigo T.J. Smith chama de geração Peanuts.


É que os Peanuts, mais consagrados pela figura única do Snoopy, estarão comemorando 65 anos em outubro de 2015.

Fiquei feliz em saber disto. Teremos a companhia do turma mais simpática das histórias em quadrinhos.


terça-feira, 28 de abril de 2015

Ponte de Laguna, na BR-101: Sem novidades na incompetência

Foto: Marco Favero / Agencia RBS
O trabalho de construção da ponte Anita Garibaldi na BR-101 em Laguna, no Sul de Santa Catarina, parou definitivamente por falta de pagamento. O atraso médio de cerca de um mês respingou nos trabalhos finais para entrega da obra, prevista para meados de maio.

A informação foi confirmada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT/SC). 

O superintendente regional, Vissilar Pretto, e o chefe de engenharia, Alysson Andrade, do DNIT/SC estiveram em Brasília, na semana passada, para discutir a questão e aguardam a definição quanto ao repasse de recursos. O DNIT não comenta sobre um possível atraso no cronograma de obras.

Na semana passada o presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Conclusão das Obras de Duplicação da BR-101/Sul, deputado federal Ronaldo Benedet (PMDB), disse que a verba de R$ 69 milhões necessária para os 3% finais de construção não foi liberada para o consórcio responsável.

Em reunião em Brasília com o secretário executivo do Ministério dos Transportes, Edson Giroto, Benedet foi informado de que os repasses estão parados no Ministério da Fazenda por questões administrativas. Parece que ele também acredita em Papai Noel!

Em nota, a assessoria do Ministério dos Transportes informou que aguarda a publicação de decreto de programação orçamentária para definir a destinação do orçamento 2015 para as diversas finalidades, entre estes os da ponte em Laguna.

E vai seguindo a procissão na república banânia.

Veja também: Esqueceram o nível

Atualização: Ministro dos Transportes confirma falta de dinheiro e paralização de obras no Brasil inteiro. Veja aqui.

domingo, 26 de abril de 2015

Marreco recheado com repolho roxo

Marreco recheado com repolho roxo.
Marreco recheado com repolho roxo, chucrute e purê de maçã é um prato típico da cozinha alemã em Santa Catarina.

Eu não conhecia este prato, quando me mudei para cá, no início de 2006. Mas tornei-me um apreciador devotado.

A Rô faz um marreco recheado que é de lamber os beiços!
Mas o Restaurante Abendbrothaus (Casa do Pão Noturno, em tradução livre) localizado na Vila Itoupava, em Blumenau, tem a fama de servir um dos melhores marrecos do Vale do Rio Itajaí.

Marreco recheado do restaurante Abendbrothaus (foto divulgação).

Já há muito tempo planejávamos experimentá-lo, mas a idéia era sempre adiada, por uma razão ou outra.

Neste fim de semana sugerimos ao amigos do Balneário Camboriú Harley Club, irmos conferir esta fama no almoço de domingo. A adesão foi total. Só não foram aqueles companheiros que estavam fora da cidade, em viagens diversas.

Começamos o domingo com o tradicional café-da-manhã no Bulebar Café, anexo à Cassol Centerlar, da Av. Osvaldo Reis, na divisa entre Balneário Camboriú e Itajaí.


De lá, seguimos para Blumenau pela rodovia Jorge Lacerda, até Gaspar. Daí atravessamos o rio Itajaí pela ponte Hercílio Deeke (recentemente recuperada) e seguimos pela BR-470 e depois pela SC-108, que liga Blumenau ao Caminho dos Príncipes (Jaraguá do Sul e outras cidades).

Ponte Hercílio Deeke, em Gaspar, recentemente recuperada.
O restaurante fica na rua Henrique Conrad 1194, cerca de 400 metros depois da saída da SC-108. A entrada para a rua é bem sinalizada.

Restaurante Abendbrothaus
Chegando lá, já tinhamos nossas mesas prontas sob o gazebo. O dia estava muito agradável, com muito sol e uma temperatura de 25° C. Perfeito para rodar com a motocicleta e almoçar ao ar livre.

Algumas fotos: 

Algumas das motocicletas.
As meninas.
Os rapazes.
Minha querida.
O marreco e alguns acompanhamentos.
Quando já nos preparávamos para sair, soubemos que uma figura conhecida encontrava-se no restaurante. Era o empresário e apresentador de TV, Roberto Justus. Um dos nossos companheiros é executivo local de uma rede de televisão e o conhece. A foto com alguns dos nossos amigos foi uma consequencia natural.

Roberto Justus é o terceiro da esquerda para a direita.
A propósito: a fama do Abendbrothaus é verdadeira. O marreco estava uma delícia e o serviço é sensacional. Recomendo.

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Harley-Davidson faz recall de 45.901 motocicletas modelo 2014/2015



A Harley-Davidson Motor Company, em conjunto com a National Highway Traffic Safety Administration, está fazendo recall de 45.901 motocicletas ano/modelo 2014-15 devido a problemas na embreagem.

Os modelos afetados são:
  • Electra Glide Ultra Classic (FLHTCU), 
  • Electra Glide Ultra Classic – Twin Cooled (FLHTCU TC), 
  • Ultra Limited (FLHTK), 
  • Police Electra Glide (FLHTP), 
  • Street Glide (FLHX), 
  • Street Glide Special (FLHXS), 
  • CVO Street Glide (FLHXSE), 
  • 2015 Electra Glide Ultra Classic Low (FLHTCUL), 
  • Ultra Limited Low (FLHTKL), 
  • Electra Glide Ultra Classic Low – Twin Cooled (FLHTCUL TC), 
  • Road Glide Special (FLTRXS), 
  • Road Glide (FLTRX) e 
  • 2014 CVO Road King (FLHRSE).

Todas as motocicletas foram montadas entre 28/4/2014 e 24/10/2014.

A H-D informou na documentação do recall que bolhas de gas podem fazer com que o cilindro mestre não funcione completamente, especialmente se a motocicleta tiver sido estacionada por um long período.

Quando em operação, se a embreagem não estiver totalmente desengatada, a motocicleta pode mover-se de repente, aumentando o risco de um acidente.

O problema foi constatado a partir de reclamações de clientes da marca. Foram reportados 27 acidentes, com pequenos ferimentos em pessoas, em alguns casos.

A Harley-Davidson comunicará aos proprietários das unidades afetadas, que deverão ser levadas à concessionária para o devido reparo, sem custo.

O recall começou na quinta-feira, 23 de abril, e tem o número de referência 0165.

Não se noticiou se alguma motocicleta com o problema foi enviada para o Brasil.

terça-feira, 21 de abril de 2015

Harley-Davidson corta produção nos EUA

Linha de produção na planta de York, PA.
A Harley-Davidson Motor Company anunciou uma redução na produção de suas motocicletas para reduzir o inventário de motocicletas novas.

A decisão foi tomada para enfrentar a forte concorrência no mercado americano, quando as marcas rivais estão oferecendo descontos de até US$3000 no preço de seus produtos.

John Olin, o principal executivo financeiro da Motor Company afirmou que a H-D não seguirá os rivais, oferecendo descontos, para não desmerecer a marca.

Os analistas de mercado da Harley-Davidson preveem que a campanha das marcas rivais deve continuar por mais alguns meses.

A valorização do dólar perante o iene e o euro permite que fabricantes europeus e japoneses reduzam o preço de suas motocicletas sem que isto tenha impacto negativo no resultado, em sua moeda doméstica.


Analistas do mercado aplaudiram a decisão da Harley-Davidson. Eles acreditam que a política de oferecer descontos nos preços das motocicletas não poderá durar muito e o mercado vai retornar ao normal dentro de pouco tempo.


O primeiro trimestre de 2015 indica números fortes para a montadora de Milwaukee. O lucro do trimestre foi de US$269,9 milhões, com crescimento sobre o mesmo período do ano anterior.

domingo, 19 de abril de 2015

A Crise está feia - falta pastel na feira


Estamos em São Paulo, para onde viemos participar do casamento da Bruna e do Rafael. A Bruna é sobrinha da Rô e o casal são pessoas muito queridas.

O casamento foi ontem, sábado. Como estamos hospedados no Mercure de Moema, o programa da manhã foi andar de bicicleta no Parque do Ibirapuera e depois comer pastel e beber caldo de cana da feira que se instala no cruzamento da Av. Lavandisca com a Alameda Jauaperi.

Bicicletando no Ibirapuera.
Chegamos na feira por volta das 12:45 e, para nossa surpresa, todas as bancas que vendem pastel já tinham encerrado suas atividades. Não havia mais pastel para vender.

Em São Paulo! Na feira!

A saída foi tomar um café no Starbucks da esquina entre as duas vias.

Tomar café do Starbucks na feira????
É o fim do mundo!

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Erik Buell Racing fecha as portas


A Erik Buell Racing acaba de pedir falência, no Estado Wisconsin, EUA.

Apesar de ter lançado dois novos modelos no ano passado, a naked ERB 1190 SX 2015 e superbike EBR 1190 RX, a empresa não se sustentou e fechou as portas.

2015 Erik Buell Racing 1190 SX
A empresa foi a tentativa do famoso Erik Buell de continuar com a marca, depois do encerramento das atividades da Buell Motorcycle Co., em 2009, quando fazia parte da Harley-Davidson.

A falencia pegou o mercado de surpresa, pois a Erik Buell Racing estava negociando a venda de 49.2% de suas ações por US$25 milhões, para a Hero Motor Corp., da Índia.

O próprio Erik Buell anunciou que o negócio não se concretizou, obrigando ao fechamento da empresa.

Erik Buell com a 2015 EBR 1190 RX
Os ativos da companhia vão a leilão para angariar recursos para o pagamento de fornecedores, investidores e os ex-empregados.

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Cumpri minha obrigação . . . com muita raiva!


Entreguei minha declaração de imposto de renda referente a 2015, ano calendário 2014.

Cumpri minha obrigação de cidadão, pela 47ª vez.  

Com muita raiva!

Um sentimento muito forte de frustração e nojo. Frustração por saber que os impostos, diretos e indiretos, que paguei e que continuo pagando, serão roubados, malversados, perdidos, desperdiçados. 

Nojo por saber que continuarei a ser roubado pelo Estado, talvez por toda a minha vida.

Uma parcela ínfima dos impostos que paguei será utilizada pelos governos e retornará para mim em termos de Saúde, Educação, Segurança Pública, Infraestrutura, entre muitíssimos outros serviços que tenho direito e que não recebo, sem qualquer possibilidade de retaliação.

Além disto continuarei pagando por planos de saúde, educação e segurança particulares, andando com medo pelas ruas, sem poder me defender. 

O medo não é do perigo. É da impotência, pois o Estado não me permite defender-me.

O Estado pode tudo. O cidadão nada pode.

E chamam este país de bananas, uma república. Piada! De muito mau gosto.

Lei dos Caminhoneiros – Nós pagamos a conta


Notícia veiculada na imprensa indica que a ANTT vai autorizar as concessionárias de rodovias federais a aumentar o valor das tarifas de pedágio, por conta da chamada “Lei dos Caminhoneiros”. 

O aumento deve entrar em vigor em até 90 dias.

O Festival de Besteira que Assola o País, obra prima de Sergio Porto (o Stanislaw Ponte Preta, falecido em 1968), recebeu uma contribuição importante com esta lei, como postei aqui.

Típico do governo mais medíocre da história republicana brasileira, esta lei contempla um absurdo horrendo  —  a permissão de carga além da capacidade do veículo e das rodovias (peso/eixo) —  além de isentar o veículo pelo pagamento do eixo que não estiver em contato com o solo, no momento em que passar pela cabine do pedágio.


Incapaz de apresentar uma agenda minimamente coerente para o modal, a reação inconsequente e incompetente do governo federal à paralização dos caminhoneiros foi conceder estes “privilégios”, como se o beneplácito fosse resolver os terríveis problemas estruturais da atividade.

Como isto infrige os termos dos contratos de concessão, o resultado não poderia ser outro: aumento na tarifa do pedágio, para todo mundo que trafega nas rodovias federais.

É justo?  É, com certeza. A sociedade sempre paga pelos desmandos dos governos que elege.

O transporte rodoviário de carga, um equívoco endêmico na logística nacional, continua a passos fortes no projeto de destruir o que resta da ínfima infraestrutura de transporte do país.

Com combustível subsidiado (quem usa álcool ou gasolina paga a diferença), o sistema de transporte mais oneroso que existe (tonelada/quilometro) vai continuar a causar acidentes graves e avariar a pavimentação das rodovias brasileiras.



E nós, como sempre, pagaremos a conta.

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Não se meta com um Fuzileiro!


Os militares americanos que estão servindo no Afeganistão sofrem com muitos problemas e a distancia dos entes queridos é um dos mais duros a enfrentar.

O assunto foi tema de um filme lançado em 2010 (Dear John, com Amanda Seyfried e Channing Tatum). O filme foi um sucesso de bilheteria, com uma arrecadação de mais de US$114 milhões.

Recentemente um Fuzileiro Naval americano recebeu a seguinte carta de sua namorada:

Prezado Ricky,
Não posso continuar com nosso relacionamento. A distancia é muito grande. Devo admitir que já lhe traí duas vezes desde que você partiu e isto não é justo com nenhum de nós.
Por favor, mande de volta a minha foto que lhe enviei.
Beijos,
Becky

Claro, o Ricky ficou com arrasado com a notícia! 
Mas, ainda que tenha ficado triste, não estava derrotado.

Ele pediu aos outros fuzileiros do seu batalhão fotografias de amigas, primas, irmãs, tias, professoras, colegas de escola, que pudessem lhe emprestar. Qualquer foto em que aparecesse uma mulher.

Conseguiu recolher 57 fotografias, que colocou num envelope, junto com a seguinte carta:

Prezada Becky,
Desculpe, mas não consigo me lembrar quem você é.
Por favor encontre sua foto nesta pilha e me devolva o resto.
Sinceramente,
Ricky

Moral da história: a resposta do Ricky pode não ter sido a mais politicamente correta, mas certamente deu uma lição: não se meta com um Fuzileiro. Eles sempre vencem no final.

Olhe outra vez - Segurança nas estradas


O público espectador e ouvinte no Brasil é bombardeado diariamente com propaganda oficial, especialmente por parte do governo federal, nos convencendo de quão maravilhoso é o país onde vivemos.

Anualmente o governo federal e as estatais gastam R$1,5 bilhão em propaganda na mídia. 

Enquanto isto, 50.000 mortos e 700.000 feridos, dos quais quase 520.000 com invalidez permanente, por ano, não parecem sensibilizar o governo. Há muitos anos não se vê uma campanha de prevenção de acidentes de trânsito, no país.

O vídeo abaixo foi preparado pelo orgão equivalente ao DETRAN, no estado de Washington, EUA. O vídeo foi divulgado no blog Old Dog Cycles.

Vejam a qualidade do vídeo, o tempo de exibição e comprovem a preocupação das autoridades com a segurança nas estradas. Aliás, que estradas!!!


Enquanto isto, no Brasil, a vida (ou a morte) segue.

terça-feira, 14 de abril de 2015

Rocking the Andes


Eu trabalhei no Grupo Hamburg Süd até me aposentar, em 2009. Tenho grandes amigos que ainda trabalham na empresa e com quem mantenho contato constante.

Muitos são motociclistas como eu, mas a maioria prefere as BMW. Ninguém é perfeito . . .

Esta era e é uma brincadeira que sempre tivemos, sobre a imaginária rivalidade entre a Harley-Davidson e a BMW Motorrad.

A brincadeira era tão relevante, que chegou a ser mencionada, indiretamente, na carta que a Diretoria Mundial da Hamburg Süd me enviou, no meu último dia de trabalho na empresa.

Parte da carta que recebí, por ocasião da minha aposentadoria.
Claro que fiquei muito feliz em receber a carta e, mais ainda, com a menção à minha "paixão" pela Harley-Davidson.

Um dos "críticos" mais vorazes era meu amigo Julian Thomas, que foi meu superior imediato nos meus últimos 4 anos na companhia. Sempre fazia uma piada inteligente sobre as diferenças tecnológicas entre as duas marcas.

Recentemente ele me enviou um email contando sobre sua mais recente aventura sobre duas rodas: uma viagem de 5200 km na Cordilheira dos Andes. E, claro, com um comentário dizendo que a minha Ultra Limited não poderia fazer esta viagem! O bom dos amigos é isto; mesmo distantes, mantém a camaradagem e brincam com a gente de uma maneira quase carinhosa.

Julian e sua esposa Dioneia participaram da viagem em conjunto com outros motociclistas, incluindo o Dr. Ottmar Gast, Chairman of the Board da Hamburg Süd, ele também um ávido motociclista de aventuras, que tem sob seu cinto dezenas de milhares de quilômetros nas mais remotas regiões do mundo.

As fotos falam por si e são um estímulo para quem gosta deste tipo de viagem, qualquer que seja a marca de sua preferência.

Na fronteira entre Argentina e Chile
Algumas BMW vieram da Alemanha. A que Julian utilizou foi alugada no Chile 
Julian e Dioneia Thomas
Dioneia Thomas

Foto com os integrantes da aventura
Na minha opinião, o tipo adequado de motocicleta para esta viagem
Uma belíssima viagem de aventura, percorrendo um dos lugares mais bonitos e inóspitos dos Andes.

Parabéns, Julian!

E você acertou: realmente eu não teria coragem de colocar minha Harley-Davidson nestas estradas.
A Ultra Limited não foi projetada para isto.

segunda-feira, 13 de abril de 2015

O protesto de 12 de Abril - Motociclistas nas ruas


Como no dia 15 de março, muitos motociclistas de Balneário Camboriú decidiram realizar uma passeata de 13 km, para protestar contra a corrupção institucionalizada e em defesa dos verdadeiros valores da nação brasileira.

O protesto, devidamente autorizado e com escolta da Polícia Militar, foi realizado nas duas mais importantes vias da cidade: Av. Brasil e Av. Atlantica.






O protesto foi conduzido com muita ordem, sendo muito aplaudido pelas pessoas que estavam nas calçadas e nas janelas dos apartamentos e hotéis.

O único ponto negativo foi uma motorista que furou o bloqueio feito nas ruas transversais, pela PM, entrou no cortejo, derrubou três motocicletas e fugiu, sem parar para prestar socorro.

O vídeo abaixo foi gravado por uma das testemunhas do atropelamento e disponibilizado para a Polícia.

video

Ela foi perseguida por alguns motociclistas que a detiveram, até a chegada de uma das viaturas da Policia Militar que acompanhava o protesto.

Ela foi presa e encaminhada à Delegacia de Polícia de Balneário Camboriu. Veja a notícia no Diário Catarinense.

No seu depoimento na Delegacia, a motorista tentou justificar sua atitude por "estar com pressa". Detalhe: ela estava vestida com um biquini e um roupão. Devia estar com medo de que o mar se evaporassse naquela manhã de outono catarinense.

sábado, 11 de abril de 2015

Restaurante Recanto do Osmar - Joinville, SC


Hoje estava o dia perfeito para rodar com a Pérola Negra.
Sol, poucas nuvens e temperatura amena (26°C quando saímos de casa).

Parece que a natureza conspirava a favor da motocicleta!

O destino era Joinville, no litoral norte de Santa Catarina, onde iríamos encontrar nossos amigos Daniel e Andréa Malta. Por sugestão deles, íamos conhecer um restaurante na cidade.

Valeu a pena. O restaurante, chamado Recanto do Osmar é muito bom. Situado no bairro Atiradores, próximo da BR-101 (o que facilita o acesso para quem vem de outras cidades), o restaurante fica na Rua Alberto Kroehne 231.

Restaurante familiar, a comida é da melhor qualidade e o serviço sem falhas.

Além de um farto menu de acompanhamentos (recomendo a maionese de batatas, uma delícia), as carnes são servidas em sequencia, desde o filé duplo, a alcatra, picanha fatiada, frango, costelinha de porco e, para o meu gosto, o melhor da casa: marreco recheado.


A casa oferece boas opções de cerveja e outras bebidas. Para sobremesa foi servido um sagu de vinho com creme de baunilha que, segundo a Rô e os nossos amigos, estava uma delícia. Eu não como sagu; trauma dos meus tempos de aspirante na Marinha, onde tínhamos sagu no café da manhão todos os dias!


O ambiente é muito agradável, todo em madeira, no estilo alemão e capacidade para 120 pessoas. O preço é justo (R$62/pessoa no fim de semana - R$52/pessoa durante a semana) e fazem desconto especial para grupos.

Recomendo.

Detalhes: Recanto do Osmar
Rua Alberto Kroehne 231, Atiradores
Joinville, SC - Tel.: (47) 3433-6657
Email: osmar@recantodoosmar.com.br
Coordenadas: S26° 18.523 W48° 51.738

Acidentes de motocicletas nas rodovias federais em SC

Foto: divulgação PRF
Levantamento feito pela  Polícia Rodoviária Federal em Santa Catarina concluiu que cada 100 acidentes de motocicleta nas rodovias federais de Santa Catarina geram 25 feridos graves, 79 feridos leves e 3,5 mortos. 

Em 2014 foram registrados 3.142 acidentes envolvendo motos, com um saldo de 854 feridos graves, 2.433 feridos leves e 118 mortos.

Foto: divulgação PRF.
Os acidentes com motocicletas representam 20% do total de acidentes nas rodovias federais de Santa Catarina, mas eles são responsáveis por 41% dos feridos graves, 36% dos feridos leves e 25% dos mortos. 

Muitos feridos graves ocupam leitos hospitalares por longos períodos, o que gera um custo para toda a sociedade e para a família das vítimas. Mesmo quando o motociclista não tem culpa pelo acidente, é sempre ele que se machuca.


A frota de motocicletas de Santa Catarina já passou de um milhão e representa quase 23% da frota total de veículos do Estado.

Os números acima não refletem o volume de acidentes com motocicletas nas vias urbanas e nas estradas estaduais.