quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

28 de Dezembro: Dia da Marinha Mercante Brasileira


Navios brasileiros afundados por ação inimiga durante a Primeira Guerra Mundial:

"Paraná" - Costa da França - 5/4/1917
"Tijuca" - Costa da Inglaterra - 20/5/1917
"Lapa" - Estreito de Gibraltar, Mediterrâneo - 27/7/1917
"Macau" - Costa da Espanha - Golfo de Biscaia - 18/10/1917 (Brasil declara guerra à Alemanha).
"Acary" - Ilhas Cabo Verde - Atlântico - 4/11/1917 (não afundou e foi recuperado).
"Guayba" - Ilhas Cabo Verde - Atlântico - 4/11/1917 (conseguiu retornar ao porto).
"Maceió" - Costa da Espanha - Golfo de Biscaia - 3/8/1918

Navios brasileiros afundados por ação inimiga durante a Segunda Guerra Mundial:

"Taubaté" - Mar Mediterrâneo - 22/3/1941 - 1 tripulante morto e 13 feridos. (não afundou).
"Buarque" - Costa leste dos EUA - 15/2/1942 - 1 morto.
"Olinda" - Costa leste dos EUA - 18/2/1942
"Cabedelo" - Mar das Antilhas - Fevereiro de 1942 - 53 pessoas desaparecidas.
"Arabutan" - Costa leste dos EUA - 7/3/1942 - 1 tripulante morto.
"Cayru" - Costa leste dos EUA - 8/3/1942 - 47 tripulantes e 6 passageiros mortos.
"Parnahyba" - Mar do Caribe - 1/5/1942 - 7 tripulantes mortos.
"Comandante Lyra" - Costa nordeste do Brasil - 18/5/1942 - 2 tripulantes mortos (navio resgatado).
"Gonçalves Dias" - Mar do Caribe - 24/5/1942 - 6 tripulantes mortos.
"Alegrete" - Mar do Caribe - 1/6/1942
"Pedrinhas" - Mar do Caribe - 26/6/1942
"Tamandaré" - Mar do Caribe - 26/7/1942 - 4 tripulantes mortos.
"Barbacena" - Mar do Caribe - 28/7/1942 - 6 tripulantes.
"Piave" - Mar do Caribe - 28/7/1942 - O Comandante do navio faleceu.
"Baependy" - Costa de Sergipe, Brasil - 15/8/1942 - 55 tripulantes e 215 passageiros foram mortos.
"Araraquara" - Costa de Sergipe, Brasil - 15/8/1942 - 66 tripulantes e 65 passageiros mortos.
"Aníbal Benevolo" - Costa de Sergipe, Brasil - 16/8/1942 - 67 tripulantes e 83 passageiros mortos.
"Itagiba" - Costa a Bahia, Brasil - 17/8/1942 - 10 tripulante e 26 passageiros mortos.
"Arará" - Costa da Bahia, Brasil - 17/8/1942 - 20 tripulantes mortos.
"Jacira" - Costa da Bahia, Brasil - 19/8/1942
"Osório" - Ilha do Marajó, Brasil - 28/9/1942 - 5 tripulantes mortos.
"Lages" - Costa do Pará, Brasil - 28/9/1942 - 3 tripulantes mortos.
"Antonico" - Costa da Guiana Francesa - 28/9/1942 - 16 tripulantes mortos.
"Porto Alegre" - Costa da África do Sul - 3/11/1942 - 1 tripulantes morto.
"Apalóide" - Mar do Caribe - 22/11/1942 - 5 tripulantes mortos.
"Brasilóide" - Costa da Bahia, Brasil - 18/2/1943
"Affonso Pena" -  Costa da Bahia, Brasil - 2/3/1943 - 33 tripulantes e 92 passageiros mortos.
"Tutóya" - Costa de São Paulo, Brasil - 1/7/1943 - 7 tripulantes mortos.
"Pelotaslóide" - Costa do Pará, Brasil - 4/7/1943 - 5 tripulantes mortos.
"Shangri-la" - Costa do Rio de Janeiro - 4/7/1943 - 10 tripulantes mortos.
"Bagé" - Costa de Sergipe, Brasil - 31/7/1943 - 20 tripulantes e 8 passageiros mortos.
"Itapagé" - Costa de Alagoas, Brasil - 26/9/1943 - 18 tripulantes e 4 passageiros mortos.
"Campos" - Costa de São Paulo, Brasil - 23/10/1943 - 10 tripulantes e 2 passageiros mortos.
"Vital de Oliveira" - Costa do Rio de Janeiro, Brasil - 19/7/1944 - 99 tripulantes mortos.

Fontes: 
"Torpedo - O terror do Atlântico" - Marcus Vinícius de Lima Arantes. Editora Livre Expressão.
"Torpedo Junction" - Homer H. Hickam Jr. - Dell Publishing.

"A única coisa que realmente me amedrontou durante a Guerra foi o perigo dos submarinos alemães. O ataque dos submarinos foi o pior de todos os males".
Sir Wiston Churchill, Primeiro-ministro da Grã-Bretanha durante a Segunda Guerra Mundial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário