terça-feira, 31 de julho de 2018

More Roads to Harley-Davidson

Harley-Davidson Pan America 1250 Adventure Touring, protótipo, programada
para ser comercializada em 2020.
 More Roads to Harley-Davidson” inclui novos produtos em segmentos de motocicletas adicionais, acesso mais amplo e compromisso de fortalecer as concessionárias

Para inspirar ainda mais pessoas em todo o mundo a experimentar a empolgação de pilotar uma motocicleta, a Harley-Davidson compartilhou hoje detalhes de seu plano de crescimento até 2022, o “More Roads to Harley-Davidson”.

Em um mundo em rápida mudança e com novas demandas do consumidor, essas ações apoiam os objetivos da Harley-Davidson para 2027, com maior foco e investimento estratégico para revigorar os negócios nos EUA e, ao mesmo tempo, acelerar o ritmo de crescimento internacional.

“As ações ousadas que estamos anunciando hoje alavancam as vastas capacidades e o poder de fogo competitivo da Harley-Davidson – nossa excelência no desenvolvimento e fabricação de produtos, o apelo global da marca e, claro, nossa grande rede de concessionárias”, disse Matt Levatich, Presidente e CEO da Harley-Davidson Inc. “Juntamente com nossos leais clientes atuais, lideraremos a próxima revolução da liberdade em duas rodas, para inspirar os futuros pilotos que ainda não pensaram na emoção de pilotar”.

Resultado de uma avaliação bastante abrangente e que incorpora a perspectiva de “cliente em primeiro lugar”, o plano More Roads to Harley-Davidson inclui:
  • Novos Produtos – manter os clientes atuais envolvidos e inspirar novos pilotos, ampliando a liderança no mercado de alta cilindrada e abrindo novos mercados e segmentos.
  • Acesso Mais Amplo – ir ao encontro dos clientes onde eles estão e da forma como eles querem se relacionar com uma experiência de varejo multicanal.
  • Concessionárias Mais Fortes – conduzir padrões de desempenho para melhorar a força financeira da Concessionária e a experiência do cliente Harley-Davidson.

“Esperamos que este plano resulte em uma comunidade Harley-Davidson expandida e engajada, com uma base de pilotos mais diversificada, juntamente com margens e fluxo de caixa referências para a indústria”, disse Levatich.

Harley-Davidson Streetfighter  975cc, protótipo, que deverá ser
lançada em 2020
NOVOS PRODUTOS

Alavancando seu design líder de mercado e sua forte capacidade de fabricação, a Harley-Davidson planeja oferecer sua linha de motocicletas mais abrangente, competindo em muitos dos segmentos de maior volume e de mais rápido crescimento, com um portfólio completo de motocicletas em um amplo espectro de preços, fonte de energia, cilindradas, estilos de pilotagem e mercados globais. Os destaques incluem:
  • Ampliar a liderança da empresa no mercado de alta cilindrada, ao continuar desenvolvendo motocicletas Touring e Cruiser ainda melhores e mais avançadas tecnologicamente, que manterão os clientes atuais da Harley-Davidson engajados e pilotando por mais tempo.
  • Introdução de uma nova plataforma modular de motocicletas de 500cc a 1250cc, que abrange três espaços de produtos distintos e quatro variações de cilindradas, começando com a primeira motocicleta Adventure Touring da empresa, a Harley-Davidson™ Pan America™ 1250, um modelo 1250cc Custom e um modelo 975cc Streetfighter, todos planejados para lançamento a partir de 2020. Modelos adicionais para ampliar a cobertura nesses espaços de produtos seguirão até 2022.
  • Desenvolvimento de uma motocicleta mais acessível e de menor cilindrada (250cc a 500cc) para os mercados emergentes asiáticos, através de uma aliança estratégica planejada com um fabricante na Ásia. Este novo produto e uma distribuição mais ampla destina-se a impulsionar o crescimento e o acesso de clientes à Harley-Davidson na Índia, um dos maiores mercados em crescimento no mundo, além de outros mercados da Ásia.
  • Liderança no mercado de motocicletas elétricas, com o lançamento da primeira Harley-Davidson elétrica, a LiveWire™, em 2019 – a primeira em um portfólio amplo de veículos elétricos de duas rodas e sem embreagem, projetados para estabelecer a empresa como líder na eletrificação do esporte. A LiveWire será seguida por modelos adicionais até 2022, ampliando o portfólio com opções de produtos mais leves, menores e ainda mais acessíveis para inspirar novos pilotos com novas maneiras de pilotar.
Harley-Davidson Custom 1250, protótipo, que deverá ser lançada em 2021
ACESSO MAIS AMPLO

A Harley-Davidson avançará sua abordagem de entrega ao mercado e atenderá às necessidades atuais dos clientes através de:
  • Criação de experiências de alto engajamento para os clientes em todos os canais de varejo – incluindo melhorar e expandir os recursos digitais globais da empresa, desenvolvendo a experiência do Harley-Davidson.com para integrar e aprimorar a experiência de varejo das concessionárias para clientes novos e existentes.
  • Estabelecer alianças estratégicas com fornecedores líderes globais de e-commerce para estender o acesso de um conjunto de milhões de novos clientes potenciais à Harley-Davidson.
  • Novos formatos de varejo – incluíndo vitrines urbanas menores em todo o mundo, para expor a marca às populações urbanas, impulsionar as vendas do portfólio expandido de produtos Harley-Davidson e ampliar a distribuição internacional de vestuário.
Veículos elétricos que podem ser lançados no futuro.
CONCESSIONÁRIAS MAIS FORTES

A rede mundial de Concessionárias da Harley-Davidson é parte integrante e fundamental para o sucesso da estratégia de aceleração da empresa. A companhia implementará uma estrutura de padrões de desempenho para melhorar significativamente a força da rede de Concessionárias e a experência do cliente, permitindo que os revendedores de melhor desempenho e mais empreendedores impulsionem a inovação e o sucesso para si e para a Harley-Davidson – oferecer a experiência premium característica da marca para uma base de clientes e produtos mais diversificados.

“A Harley-Davidson é icônica porque nunca ficamos parados”, disse Levatich. “Conforme avançamos, estamos explorando o espírito que impulsionou nossos fundadores em 1903 e todos os funcionários e distribuidores que enfrentaram os desafios ao longo do caminho. Nosso plano irá redefinir os limites existentes da nossa marca – alcançando mais clientes de uma forma que reforce tudo o que defendemos como marca e como empresa – e mal podemos esperar para começar a acelerar”.

Assista aqui a um video que destaca os principais elementos do plano More Roads to Harley-Davidson.

Harley-Davidson LiveWire, elétrica, programada para ser lançada em 2019
ASPECTOS FINANCEIROS

Além de construir a nova geração de pilotos, a empresa espera que o plano More Roads to Harley-Davidson crie mais valor, estabilize e fortaleça os negócios existentes, melhore o ROI (retorno sobre o capital investido) da Harley-Davidson Motor Company, aumente a receita e os lucros e permita que a empresa retorne mais dinheiro aos acionistas.

A estratégia de aceleração exigirá investimentos significativos para mudar a trajetória dos negócios globalmente e a empresa planeja financiá-la totalmente por meio da redução de custos e realocação de investimentos e recursos previamente planejados, incluindo investimento operacional até 2022 de US$ 450 milhões a US$ 550 milhões e investimento de capital até 2022 de US$ 225 milhões a US$ 275 milhões. No total, a empresa planeja que o More Roads to Harley-Davidson irá gerar mais de US$ 1 bilhão de receita anual incremental em 2022, em comparação com 2017.

A empresa acredita que sua estratégia de aceleração está alinhada e reforça seus objetivos de impulsionar o crescimento da receita e expandir as margens operacionais. A empresa espera financiar oportunidades estratégicas, mantendo seu atual perfil de investimento e retorno e sua estratégia de alocação de capital.

Os princípios de financiamento da Harley-Davidson se concentrarão na estabilização e fortalecimento dos negócios existentes, no aprimoramento da marca premium e nos investimentos em projetos lucrativos e orientados para o crescimento. Esperamos que esses princípios, juntamente com um enfoque disciplinado de alocação de capital, permitam que a Harley-Davidson opere com maior eficiência em termos de competitividade de custos.

Fonte: Harley-Davidson do Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário