quarta-feira, 11 de março de 2009

A Juventude e a Velhice

A juventude não é um período da vida; ela é um estado espírito, um efeito da vontade, uma qualidade da imaginação, uma intensidade emotiva, uma vitória da coragem sobre a timidez, do gosto da aventura sobre o amor ao conforto.
Não é por termos vivido um certo número de anos que envelhecemos; envelhecemos porque abandonamos nosso ideal.
Os anos enrugam o rosto; renunciar ao ideal enruga a alma. As preocupações, as dúvidas, os temores e os desesperos são os inimigos que lentamente nos inclinam para a terra e nos tornam pó antes da morte.
Jovem é aquele que se admira, que se maravilha e pergunta, como a criança insaciável: E depois? Que desafia os acontecimentos e encontra alegria no jogo da vida.
És tão jovem quanto a tua fé. Tão velho quanto a tua descrença. Tão jovem quanto a tua confiança em ti e a tua esperança. Tão velho quanto o teu desânimo. Serás jovem enquanto te conservares receptivo ao que é belo, bom, grande. Receptivo às mensagens da natureza, do homem, do infinito.
E se um dia teu coração for atacado pelo pessimismo e corroído pelo cinismo, que Deus, então, se compadeça de tua alma de velho.
Gen. Douglas MacArthur *
* General de Exército Douglas MacArthur, um dos mais condecorados militares das Forças Armadas do Estados Unidos, em toda sua história, com 49 anos de serviço ativo no Exército dos EUA. Entre suas condecorações está a Medalha de Honra do Congresso, a mais alta condecoração por bravura dos Estados Unidos, só agraciada por ações militares durante uma guerra. Foi comandante das tropas aliadas no sudoeste do Pacífico durante a Segunda Guerra Mundial e foi designado comandante da força de invasão ao Japão. Com a rendição japonesa, depois das bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki, ele aceitou a rendição incondicional do Império Japonês, no dia 2 de Setembro de 1945. MacArthur supervisionou a ocupação do Japão, de 1945 a 1951 e é creditado pela implementação da democracia naquele país, inclusive aprovando sua Constituição, em vigor até hoje.

3 comentários:

  1. Camiila Rebelatto.17 de junho de 2010 13:53

    Eu adooro esse poema!

    ResponderExcluir
  2. Lindo jogral, adaptei e tyrabalho em sala de aula com alunos, tb jogralizamos em minha formatura de normalista

    ResponderExcluir
  3. Jogralizado em minha formatura de normalista, hoje trabalho com alunos....Parabéns pela postagem....

    ResponderExcluir