sábado, 25 de outubro de 2008

Amigos

Amizade é uma das relações humanas mais importantes e talvez uma das poucas que você tem toda a capacidade de controlar. 

Sim, por que amigo você escolhe e ele (ela) tem que lhe escolher, também. Eu tive (e tenho) a felicidade de ter muitos amigos e amigos de longa data. 

Tenho amigos, com quem mantenho contato constante, cuja amizade originou-se nos tempos da pré-adolescência e que continua até hoje. Estamos falando de amigos de quase 50 anos!

Tenho amigos que já não estão conosco, que já passaram para outra dimensão. Penso muito neles, com muito carinho. Foram grandes amigos, que tiveram um impacto muito grande na minha vida.


Comte. Roberto Ortega Stonis
Um deles foi o Comandante Ortega. Roberto Ortega Stonis, comandante de MD-11 da Varig, que se aposentou com mais de 30.000 horas de vôo, a grande maioria como piloto em comando.

O Ortega era uma pessoa muito especial, que necessitava de pessoas especiais para serem seus amigos. Eu fui um deles. 

Lamentei profundamente quando nos deixou, ainda no início da melhor idade.

Dr.Carlos Roberto Kaulino dos Reis
Outro grande amigo, que sempre está presente nos meus pensamentos, foi o Zeca de Kaulino, apelido carinhoso que nós (minha família toda) lhe demos. 

Dr. Carlos Roberto Kaulino dos Reis, excelente cardiologista, que minha mãe tratava e considerava como filho e eu, como um irmão. 

O Kaulino foi um dos grandes amigos que tive, uma das pessoas mais leais que conhecí. De um coração maior que o corpo, que só queria o bem de todos.

Foi-se, trágicamente, em um acidente automobilístico, que nos deixou muito traumatizados.

Ambos são amigos que continuam a participar de minha vida, pois permanecem vivos nas minhas lembranças e no meu coração.

Tenho certeza que estão juntos, agora, conversando sobre aviões, motocicletas e amigos, temas que os dois tinham muito em comum, entre sí, e comigo.

4 comentários:

  1. Maria Stela Kaulino dos Reis22 de novembro de 2008 11:35

    Roque sou irmã do Kaulino, e fiquei muito emocionda com o lindo depoimeito sobre meu irmão. Assim com minha mãe. Foi uma grata surpresa. Obrigada por descrevê-lo de forma tão sincera.
    O mundo cada vez mais, está precisando de pessoas assim como vc! Um grande beijo.
    Stela Kaulino

    ResponderExcluir
  2. Boa noite Roque. Sou sobrinha do Roberto e fiquei muito feliz ao ver que meu tio era muito respeitado e tinha otimos amigos, que mesmo depois de anos do seu falecimento ainda permanece vivo na memória daqueles que realmente o amavam. Minha mãe, Maria Helena, tb ficou muito contente com o seu carinho e saudade. Um grande abraço. Ana Paula

    ResponderExcluir
  3. Maria Helena Ortega26 de janeiro de 2009 23:10

    Olá Roque.Sou irmã do Cmte. Ortega, do Roberto.Fui tomada pela emoção e saudade...É muito bom saber dos amigos que ele fez,que lembram dele com tanto carinho,já faz quase seis anos que ele nos deixou.
    Concordo com vc; ele era mesmo uma pessoa especial.Li sua biografia e "vi" meu irmão preparando um aeromodelo.Vcs tinham muito em comum.Agradeço ao Marcus, seu filho pelo incentivo.Sua experiência de vida deve ser compartilhada. Abraços. Maria Helena Ortega

    ResponderExcluir
  4. Olá Roque,sou Luciana,prima de Roberto.Não o conheci e pouco convivi com minha família,mas gosto de ouvir estas histórias,que me aproxima mais de minhas raízes.Lindo seu depoimento.Fico feliz por ter tido um primo assim,e triste por não o ter conhecido!!

    ResponderExcluir